Publicado em 19/11/2017 as 2:00pm

Ministério Público investiga morte de brasileira em ação policial

O inquérito prossegue com a coordenação do Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa.

O Ministério Público de Portugal investiga a morte da brasileira Ivanice Carvalho da Costa, de 36 anos, baleada durante uma perseguição policial, em Lisboa, na madrugada desta quarta-feira (15). Seis polícias prestaram depoimentos até o momento, segundo anunciou, nesta quinta-feira (16), a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL). Em nota publicada nesta tarde, na internet, a PGDL explica que, na madrugada de quarta-feira, "no decorrer de uma operação montada pela PSP (polícia portuguesa), após o furto com arrombamento de caixa eletrônico, ocorrido em Almada", vários agentes policiais "entraram em perseguição aos suspeitos, dos quais depois perderam o rastro", a caminho de Lisboa.

Já dentro da capital, foi "dada ordem de parada a um outro veículo", com o qual os polícias cruzaram. "Como o condutor desobedeceu tal ordem, foram efetuados disparos pelos agentes da PSP, vindo uma cidadã que se fazia transportar no veículo a ser atingida mortalmente", lê-se na nota.

A nota informa ainda que a Polícia Judiciária iniciou, de imediato, investigações sobre os fatos que rodearam a morte da vítima. O inquérito prossegue com a coordenação do Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa.

Em comunicado divulgado na quarta-feira, o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP, explica que o homem conduzia "uma viatura que aparentava corresponder às características" da usada cerca de meia hora antes pelos assaltantes em Pragal, região de Almada, não obedeceu à ordem de parada e tentou atropelar os policiais durante a fuga. O condutor acabou preso por condução sem habilitação legal, por desobediência ao sinal de paragem e por condução perigosa. O homem, que tem Termo de Identidade e Residência, também foi ouvido pela Polícia Judiciária (PJ), segundo fontes policiais informaram à agência Lusa.

Fonte: noticiasaominuto.com.br

Top News