Publicado em 5/12/2017 as 1:00pm

Trump diz que reputação do FBI 'está no chão'

Presidente dos Estados Unidos prometeu 'recuperar a grandeza' do serviço de inteligência.

O FBI teve a reputação arranhada após anos de liderança do ex-diretor James Comey, disse o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump neste domingo. Na tentativa de apontar os defeitos de Comey, o republicano entrou até em defesa da rival Hillary Clinton, classificando a investigação sobre os e-mail da Democrata como "desonesta".

"Depois de anos de Comey, com a falsa e desonesta investigação de [Hillary] Clinton (e mais), dirigindo o FBI, sua reputação está no chão", Trump escreveu no Twitter.

Hillary usou um servidor privado de contas de e-mail para enviar mensagens oficiais durante o tempo em que serviu como secretária de Estado no governo Obama. A prática contraria a legislação dos EUA, mas o FBI foi incapaz de encontrar quaisquer ilegalidades relativas à candidata e encerrou o caso em julho de 2015.

Às vésperas da eleição presidencial nos EUA, porém, o mesmo FBI resolveu reabrir as investigações a pedido de Comey. À época, o então diretor argumentou que novos e-mails recentemente descobertos poderiam ser pertinentes ao caso. A conclusão foi, novamente, que Hillary era inocente, mas os danos eleitorais causados pela decisão dos federais foram drásticos.

Em maio, Trump tirou Comey do cargo supostamente pelo mau tratamento de informações quando da apuração do escândalo dos e-mails de Clinton. O Senado, porém, investiga se o presidente motivou a demissão no fato do diretor se recusar a estancar a investigação de conluio entre a campanha republicana e autoridades russas.

Fonte: noticiasaominuto.com.br