Publicado em 21/12/2017 as 2:00pm

Trump consegue que o congresso aprove redução de impostos nos EUA

O congresso americano aprovou, nesta quarta-feira, a reforma tributária. A nova lei passou sem nenhum voto dos parlamentares do Partido Democrata.

Trump consegue que o congresso aprove redução de impostos nos EUA Trump consegue que o congresso aprove redução de impostos nos EUA

O congresso americano aprovou, nesta quarta-feira, a reforma tributária proposta pelo governo de Donald Trump. E sem nenhum voto dos parlamentares da oposição.
Com a martelada do presidente da Câmara, Paul Ryan, ficou decidido: aprovada a maior reforma tributária dos últimos 30 anos.

A maior vitória do presidente Donald Trump até agora foi comemorada na Casa Branca. Os cortes de impostos chegam a U$ 1,5 trilhão.

Quem saiu ganhando foram as empresas: a mordida do leão, que tinha um teto de 35%, vai passar para 21%. Uma redução permanente. Para as pessoas físicas, o corte é bem menor, de no máximo 2,6 pontos percentuais. Além de ser temporário, só vale até 2025.

O governo afirma que, pagando menos impostos, vai sobrar dinheiro para as empresas aumentarem os salários e criarem empregos.

A vitória de Trump não convenceu todos os americanos. Uma pesquisa divulgada esta semana mostrou que dois em cada três entrevistados consideram que a reforma só vai beneficiar os mais ricos.

Além disso, uma análise independente do governo, prevê que o corte de arrecadação deve elevar a dívida pública em mais de US$ 1 trilhão.

O líder da oposição no Senado, Chuck Schumer, criticou a reforma: “Corte de impostos não leva à geração de empregos, mas põe mais dinheiro no bolso dos mais ricos”.

O texto aprovado pelo Congresso também acaba com um ponto central do Obamacare, o sistema de saúde criado por Barack Obama.

Agora, quem não tiver plano de saúde não será mais obrigado a pagar uma multa, o que pode elevar os preços para os consumidores.

Fonte: http://g1.globo.com