Publicado em 22/01/2018 as 3:00pm

México registra recorde de 29 mil assassinatos em 2017

Número é o mais alto desde que o governo começou a contabilizar homicídios, em 1997.

México registra recorde de 29 mil assassinatos em 2017 Jose Luis Gonzalez - Reuters

O ano de 2017 foi de recorde negativo para o México, que atingiu sua maior taxa de assassinatos, segundo informa o governo neste domingo (21). Houve 29.168 homicídios no ano passado.

O número chega a ser mais alto que o ano de 2011, considerado o auge da guerra às drogas no país. À época, o governo do México registrou o número de 27.213 homicídios.

De acordo com o comunicado, a taxa é a mais alta desde 1997, ano em que a estatística começou a ser registrada.

A taxa de homicídios no país é de 20,5 para cada 100 mil habitantes, número mais baixo que países como Colômbia e Brasil, que chegam a 27 assassinatos a cada 100 mil habitantes. El Salvador é um dos casos mais extremos da América Latina, com 60,8 homicídios a cada 100 mil habitantes.

Especialistas afirmam que a violência do narcotráfico, além de outros fatores, como disputas territoriais relacionadas com a expansão do Cartel Jalisco Nueva Generación, tiveram papel importante no aumento das taxas de homicídios mexicanas.

O Brasil é o país com o maior número de homicídios do continente, tendo registrado cerca de 61 mil vítimas, em 2017. Com informações do Sputnik News Brasil.

Fonte: noticiasaominuto.com.br (Com informações do Sputnik Brasil)

Top News