Publicado em 27/03/2018 as 12:00pm

Atriz pornô entra com ação por difamação contra advogado de Trump

Stormy Daniels entra com ação após Michael Cohen ter insinuado que ela mentiu sobre a relação com o presidente dos Estados Unidos.

A atriz pornô Stormy Daniels entrou com uma ação por difamação contra o advogado pessoal de Donald Trump, Michael Cohen, após ele ter insinuado que ela mentiu sobre a relação com o presidente dos Estados Unidos.

Daniels pediu que o Cohen fosse incluído como acusado no processo apresentado contra Trump para anular o acordo de confidencialidade assinado por ela e que a impede de falar sobre as relações que teve com o presidente, informou o "The Washington Post".

Neste domingo, Daniels deu uma entrevista ao programa "60 Minutes", da emissora "CBS", e afirmou que manteve silêncio até então porque foi ameaçada de morte por um homem em um estacionamento em Los Angeles. Trump nega ter se relacionado com Daniels.

Ela é protagonista de um escândalo divulgado pelo "The Wall Street Journal" em janeiro. O jornal revelou que um advogado de Trump pagou os US$ 130 mil para evitar que ela contasse sobre a relação que teve com o presidente em 2006.

O acordo foi pago e assinado por Cohen, acusado hoje de difamação. Por isso, Daniels entrou com uma ação em Los Angeles para invalidar o pacto já que o presidente não assinou o documento.

Segundo o processo, a atriz afirma que teve um caso com Trump entre 2006 e 2007. Os dois teriam se encontrado várias vezes em um hotel de Beverly Hills, em Los Angeles.

Trump se casou com a primeira-dama, Melania, em janeiro de 2005. O único filho dos dois, Barron, nasceu em março de 2006.

Fonte: Por Agencia EFE

Top News