Chegou o Classificado do Brazilian Times. Divulgue ou busque produtos e serviços agora mesmo!

Acessar os Classificados

Publicado em 7/11/2018 as 7:00pm

Diploma internacional atrai cada vez mais brasileiros

Experiência fora do país abre portas profissionais.

Conseguir ocupar uma cadeira em alguma renomada universidade estrangeira para cursar o ensino superior ou fazer uma pós-graduação ou MBA é o sonho de muitos brasileiros. Somente em 2018 cerca de 18% estudantes que pretendem estudar fora demonstraram interesse em fazer o curso de pós-graduação no exterior e mais de 30% dessas pessoas relataram interesse em fazer MBA. Os dados são da BMI, organizadora da ExpoPós, feira destinada aos profissionais que desejam realizar cursos de ensino superior fora do país. A pesquisa analisou a intenção de mais de 40 mil internautas que se cadastraram nos eventos de educação internacional realizados entre os meses de Março e Setembro.

A experiência no "estrangeiro" abre portas de emprego e chega a turbinar em até 50% o salário do profissional, quando este retorna ao solo brasileiro. Segundo a organização do evento, que acontece dia 21 de novembro no Rio de Janeiro e dias 24 e 25, em São Paulo, outras questões também dão um empurrãozinho na hora de optar por realizar o curso lá fora. Os gastos são maiores, mas não chegam a ser proibitivos. A média paga por um estudante brasileiro mensalmente em um curso de pós-graduação aqui em nosso país e é US$ 10,000. Nos Estados Unidos, o valor empregado é de US$ 30,000. Na Europa, o investimento é de cerca de US$ 12,000. Quando falamos em MBA, o valor empregado aqui é de US$ 12,000 enquanto lá fora gira em torno de US$ 20,000.

Segundo Samir Zaveri, diretor da BMI, os brasileiros são atraídos por conta da qualidade do ensino no exterior e também pela forma como os estudos são conduzidos lá fora. "Aqui no Brasil, os cursos de pós-graduação e MBA são muito teóricos. Nas universidades internacionais a carga prática é muito maior, com direito a simulações e vivências reais do mercado em que se atua e isso faz todo a diferença", conclui Zaveri.

A pesquisa aponta ainda os destinos prediletos dos brasileiros. Quando o assunto é Pós-graduação, Estados Unidos ocupa o primeiro lugar no ranking, seguido de Canadá e Portugal. Para MBA os preferidos dos "brazukas" são Estados Unidos, Canadá, Portugal, Reino Unido, Alemanha e Austrália. As áreas mais procuradas são Administração, Marketing, Engenharia e Design.

Fonte: Redação - Brazilian Times