Publicado em 7/02/2012 as 12:00am

Brasileiro pode ser condenado por chefiar fraude de vistos em MA

Márcio Freitas trazia brasileiros ao país através de vistos de trabalho temporário, utilizando uma empresa de 'landscaping' como patrocinadora

Um brasileiro de 44 anos de Shrewsbury pode pegar um ano de prisão após admitir culpa em um esquema fraudulento de vistos de trabalho, o qual cobrava de brasileiros para trazê-los aos EUA de forma legal.

Márcio Freitas voltará à Corte no dia 2 de Maio para receber a sua condenação. Além de um ano de prisão, ele poderá também pegar 3 anos de detenção domiciliar supervisionada, utilizando uma tornozeleira, segundo a procuradora-geral Carmen Ortiz.

O brasileiro utilizava a companhia de ‘Landscaping’ a qual trabalhava, para trazer os brasileiros ao país, através de um visto de trabalho temporário. Ele convencia o seu chefe a patrocinar vistos para brasileiros, permitindo que eles ficassem legalmente no país por 10 meses.

Márcio cobrava milhares de dólares dos imigrantes, mas não tinha intenção de contratá-los para a empresa. Grande parte dos brasileiros os quais Márcio fazia negócios não retornavam ao Brasil após os 10 meses de permanência legal.

O brasileiro foi preso em junho e na última semana admitiu culpa no caso.

Fonte: (DA REDAÇÃO)