Publicado em 20/03/2012 as 12:00am

Imprudência de ciclista poderia ter matado meu filho, diz Eike

Imprudência de ciclista poderia ter matado meu filho, diz Eike

O empresário Eike Batista afirmou que o acidente em que se envolveu seu filho Thor ocorreu por imprudência do ciclista, que morreu na ocasião. "A imprudência do ciclista causou, infelizmente, a sua morte. Mas podia ter levado três pessoas [Thor e o amigo que estava com ele no carro]", afirmou.

A declaração foi feita em entrevista à colunista Mônica Bergamo, publicada na na edição desta terça-feira da Folha.

Ontem, o jovem já havia afirmado em seu Twitter que dirigia com cuidado e que "repentinamente" um ciclista atravessou do acostamento em sua direção. "Me recordo que Wanderson o ciclista empurrava a bicicleta com o pé esquerdo no chão. Sentado, porém, no banco da bicicleta", escreveu.

O advogado Cléber Carvalho, que representa a família da vítima disse, porém, ter testemunhas de que o ciclista trafegava no acostamento quando foi atropelado.

Um extrato obtido pelo "Jornal Nacional", da Rede Globo, aponta que Thor Batista somou 51 pontos em sua carteira de habilitação em um ano e meio.


Fonte: (da uol)