Publicado em 27/04/2012 as 12:00am

Brasileiro diz que se entregou à polícia para limpar o nome

Brasileiro diz que se entregou à polícia para limpar o nome

Na edição de quarta-feira  (25), o Brazilian Times publicou uma matéria envolvendo o paulista Fernando Silva, o qual teria sido preso por portar drogas para serem distribuídas. Assim que a notícia chegou às ruas, ele entrou em contato com a redação do jornal para expor a sua versão da história e rebater alguns pontos, "que são inverídicos".

Segundo Fernando, a polícia não o prendeu por portar drogas e sim ele ligou para que os policiais fossem à sua casa, pois havia um mandato contra ele. "Eu queria limpar meu nome, pois há alguns anos fui preso por dirigir sem carteira e não compareci à corte", fala explicando que o motivo de chamar a polícia foi para evitar que fosse preso na rua.

Apesar de nos registros da polícia constarem que havia um mandato de prisão contra ele por posse de drogas para distribuição, o brasileiro deixou claro que o motivo foi apenas por ser pego dirigindo sem carteira e não ter ido a Corte.

Fernando, que vive nos Estados Unidos há cerca de seis anos, conta que na manhã de domingo (22), foi até o Departamento de Polícia de Somerville e como estava fechado retornou para sua casa. Foi então que decidiu ligar e contar sua história. "Eu disse que tinha uma corte pendente e queria saber o que fazer", fala.

Ele tem 32 anos de idade e trabalha na área de construção civil e faz trabalhos de grafites para igrejas.

Fonte: (da redação)

Top News