Publicado em 2/05/2012 as 12:00am

Brasileira e funcionária da UMASS brigam por uma vaga de estacionamento

BRIGA POR VAGA DE ESTACIONAMENTO

A estudante brasileira Fernanda Macedo foi agredida por uma funcionária da Universidade de Massachusetts (UMass) na segunda- feira, 23, após discutirem sobre quem tinha direito a parar o carro numa vaga no estacionamento da faculdade em Boston. Além de escoriações no corpo, a estudante teve seu aparelho de celular quebrado pela agressora. Fernanda conta que usou uma prática comum a todos no estacionamento da universidade para encontrar vagas. Os motoristas seguem pelas vias do pátio os estudantes que vão sair com seus veículos. A brasileira seguiu uma aluna e estacionou seu carro na vaga que era ocupada por ela. Minutos depois, Fernanda ouviu o barulho de alguém batendo em seu carro. Era a funcionária Katherine Nung que socou o veículo, abriu a porta e arrancou a brasileira pelos cabelos. De pé, Fernanda e Katherine começaram a discutir. A funcionária do departamento financeiro da UMass empurrou Fernanda contra o carro e desferiu golpes contra suas costas e rosto, alegando que aquela vaga era dela e que ela já estava esperando no local. "Eu não tive tempo de reagir... E não tinha ninguém ali. Era uma senhora que estava totalmente fora de si", conta Fernanda. Katherine tomou a chave do carro de Fernanda, arremeçando para outra ponta do estacionamento. Depois pegou o celular da brasileira e jogou no chão. "Isso é para você não sair daqui. Se sair vai morrer", gritou a funcionária. A polícia chegou ao local minutos depois e Fernanda pediu para que eles comprovassem quem tinha razão assistindo à gravação das câmeras de segurança do estacionamento. Mas o sistema de vídeo da UMass não funciona. "Aposto que ela como funcionária sabia disso. Por isso me agrediu", diz Fernanda. "Até a detetive que veio ao local ficou pasma com isso", completou. No relato à polícia, Katherine disse que ela teria sido agredida primeiro. Outra estudante que vinha passando assistiu a cena e será testemunha na audiência em Corte no próximo dia 23 em Dorchester. (fonte: www.betomores.com)

Fonte: Da Redação