Publicado em 4/05/2012 as 12:00am

Norte-americano é considerado culpado pela morte de brasileiras

MORTE DAS ADOLESCENTES

Cerca de um ano depois do acidente que terminou com a morte de duas brasileiras na McGrath Haig way (Rota 28), em Somerville, Massachusetts, o motorista que conduzia o veículo foi considerado culpado. Kenneth Belew, 22 anos, cumprirá pela pela condenação de condução negligente e provocar um acidente que tirou a vida de Mayara Alves e Isabela da Silva. Na quarta-feira (02), o Tribunal Superior de Woburn deu o parecer condenando o motorista. Kenneth terá que cumprir seis anos e mais seis anos de liberdade condicional. Ele também teve a licença para dirigir até 2027, quando completar 37 anos de idade. Na ocasião do acidente, Kenneth dirigia o veículo onde estavam as duas brasileiras e com a chegada da polícia, ele, que estava embriagado, implorou para que o levasse preso e não acreditava que tinha sido o causador da morte delas. Depois que foi preso, o acusado ficou durante um ano em uma cela até o seu julgamento. Kenneth se negava fornecer qualquer informações sobre o acidente até o dia do julgamento, que inicou na semana passada. Na audiência, ele usava camisa branca e calças e permitiu que seu advogado falasse por ele. "Ele realmente sente muito por tudo que aconteceu, mas não consegue falar aqui", disse o advogado durente o julgamento. "Foi uma tragédia e ninguém pode contestar isso", acrescentou. De acordo com um relatório policial, Mayara tinha saído de casa quatro meses antes do acidente, e segundo alguma informações da Procuradoria do Distrito de Middlesex, Isabela estava curtindo um período de férias. Para os amigos, qualquer que fosse o resultado do julgamento, não traria Mayara e Isabela de volta.

Fonte: Da Redação