Publicado em 3/09/2014 as 12:00am

Brasileiro é deportado depois de ser preso por abuso sexual nos EUA

Após passar 42 meses preso nos Estados Unidos por abusar sexualmente de uma menor de idade, o ex-lutador do UFC Hermes França foi deportado para o Brasil.

Após passar 42 meses preso nos Estados Unidos por abusar sexualmente de uma menor de idade, o ex-lutador do UFC Hermes França foi deportado para o Brasil. O brasileiro de 40 anos foi para a prisão em 2011, após receber sete acusações de abuso sexual de primeiro grau e duas acusações de segundo grau, com penetração não-consensual.

Após ser deportado para o Brasil, o ex-campeão do WEC voltou aos cages, após mais de três anos sem lutar. Hermes  foi nocauteado em apenas 34 segundos por Breno Braga, no “Extreme Fighter”, realizado em Fortaleza, no Ceará, na última quinta-feira (28).

Franca lutou pelo UFC entre 2003 e 2009, e disputou o cinturão peso-leve (até 70kg) contra Sean Sherk em 2007, mas foi derrotado na decisão unânime. Desde que foi demitido do UFC, o brasileiro venceu apenas três de suas últimas nove lutas.

O lutador foi preso na quarta-feira, 19 de maio, por abuso sexual e atentado ao pudor. O lutador, de 36 anos, se entregou as autoridades no Estado de Oregon, onde respondeu o processo em nove acusações, sendo sete de abuso sexual em primeiro grau e duas de atentado ao pudor em segundo grau, por ter relações sexuais em lugar proibido.

Fonte: Da redação