Publicado em 9/02/2015 as 12:00am

Sann Rodrigues afirma que não foi preso

"Ele compareceu espontaneamente à Delegacia de Paulínia no estado de São Paulo Brasil", informou um comunicado

Na edição anterior, o jornal Brazilian Times publicou uma matéria sobre a prisão do brasileiro Sann Rodrigues, que teria sido detido por policiais na cidade de Paulínia, em São Paulo. Um vídeo que circulou nas redes sociais mostrou a hora em que policiais entraram no evento onde ele estava ministrando uma palestra sobre a empresa iFreex, considerada por muitos como um esquema de pirâmide.

Para tentar explicar a situação, Sann encaminhou um comunicado à redação do Brazilian Times. Segundo o documento, “Sann Rodrigues não foi preso. Ele compareceu espontaneamente à Delegacia de Paulínia”.

Ainda conforme o comunicado, Sann foi até a delegacia prestar esclarecimentos sobre o que é marketing de rede e o que é pirâmide. “O fato ocorreu no dia 03 de fevereiro, durante um evento de marketig de rede e o delegado Marco Antônio Evangelista afirmou que recebeu uma denúncia anônima e procedeu com os trâmites legais”, disse o documento.

Outra informação que Sann aponta como enganosa é que ele estaria há meses vivendo no Brasil para não ser punido no Estados Unidos. “Sann mora com sua família em Orlando (Flórida) e viajou ao Brasil no dia 30 de janeiro e tem sua volta marcada para o dia 13 de fevereiro”, afirma.

Sann ressalta que hoje trabalha como consultor para empresas de marketing de rede e procuro ensinar como trabalhar corretamente nesta área, “a exemplo do ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, que afirmou que o marketing de rede fortalece uma nação”. Ele afirma que ministra palestras em várias partes do mundo e no último mês viajou a Portugal, França e Inglaterra. “São milhares de pessoas sendo ajudadas com a melhor informação”, Disse Sann.

O brasileiro comentou que está trabalhando na criação da AMEMLM, Associação Mundial dos Empreendedores de Marketing de Rede, uma entidade sem fins lucrativos que visa orientar e dar assessoria jurídica aos empreendedores associados. Ele também está trabalhando para criar um sistema de comunicação com frentes em rádios, televisões, jornais, revistas e internet para divulgarem a cultura do Marketing Multinível. "Acredito no poder da informação correta e verdadeira. Só assim poderemos transformar para melhor a nossa sociedade. O Minuto Multinivel é um movimento mundial para popularizar o mercado multinível”, conclui.

Fonte: Da Redação