Publicado em 13/02/2015 as 12:00am

Golpe do cheque continua fazendo vítimas entre brasileiros

As vítimas agora são os brasileiros que anunciam serviços de limpeza através do site da Craig List. T.A. uma capixaba que mora em Revere (Massachusetts),

Este ano o jornal Brazilian Times publicou algumas matérias sobre alguns golpes aplicados em algumas brasileiras que trabalham na área de limpeza de casas. O mais comum foi o de uma empresa que contrata o serviço, envia um cheque antes de o trabalho ser realizado. O problema é que o suposto contratante envia o documento com um valor acima do combinado e pede para a pessoa depositar, sacar e enviar a diferença para outra pessoa.

As vítimas agora são os brasileiros que anunciam serviços de limpeza através do site da Craig List. T.A. uma capixaba que mora em Revere (Massachusetts), foi mais uma vítima deste esquema que está crescendo na comunidade. O criminoso anuncia serviços de limpeza em vários sites em busca de vítimas e a comunidade em Massachusetts se tornou o maior alvo.

Segundo T.A., ela publicou um anúncio oferecendo serviços de “housecleaner” utilizando o Craig List. “Uma pessoa entrou em contato comigo, através de um e-mail, onde me oferecia um emprego para limpar um apartamento”, explica. Depois de algumas trocas de mensagens, a pessoa disse que enviaria um cheque para pagar pelo trabalho. “Mas ela enviou um cheque acima do valor combinado e eu liguei para a companhia que estava no documento e fui informada de que se tratava de fraude”, continua.

O cheque enviado tinha o valor de US$1,980, dos quais T.A ficaria com US$350.00 e enviaria o restante para uma determinada pessoa. Os criminosos enviam o documento e esperam que as vítimas o depositem e antes mesmo de ser compensado, saque o dinheiro e faça a remessa. Mas a capixaba ficou atenta aos alertas de golpe e não fez como o suposto contratante tinha solicitado. “Eu pesquisei o nome da firma que estava no cheque e liguei para ela e foi quando fui informada de que se tratava de um golpe. Minutos depois um agente do FBI me ligou solicitando mais informações sobre o caso”, acrescenta.

Conforme as informações repassadas para T.A., o criminoso roubou informações da companhia e está enviando cheques para várias partes do país, fazendo dezenas de vítimas. A capixaba pediu para que seu nome não fosse publicado, mas permitiu que a história se tornasse pública para alertar outras pessoas. Segundo ela, mais brasileiros podem estar na mira destes criminosos. “Se for ao banco e tentar sacar o dinheiro, você pode ser preso, pois o caso já está nas mãos do FBI. Muito cuidado”, alerta.

Fonte: Da Redação