Publicado em 8/05/2015 as 12:00am

Brasileiro procurado por assassinar adolescente no Brasil é deportado

Nascimento é acusado de matar, no Brasil, um adolescente de 13 anos de idade em 1991. Ele foi deportado de Dalas (Texas) em um voo comercial que e chegou a São Paulo na manhã de terça. Agora, nas mãos da Justiça, ele vai responder pelo crime.

Nesta terça-feira (05), um brasileiro foi deportado e entregue para as autoridades brasileiras. Jorge Amauri Domingos Nascimento, 52 anos, foi preso descoberto e preso através do programa Enforcement and Removal Operations (ERRO), criado pelo Departamento de Imigração para retirar do país os criminosos que são procurados em seus países de origem.

Nascimento é acusado de matar, no Brasil, um adolescente de 13 anos de idade em 1991. Ele foi deportado de Dalas (Texas) em um voo comercial que e chegou a São Paulo na manhã de terça. Agora, nas mãos da Justiça, ele vai responder pelo crime.

“Ao remover estes imigrantes criminosos, o ICE também remove as ameaças que eles significam para a segurança pública das comunidades dos Estados Unidos”, disse Simona L. Flores, diretora do escritório do ERO em Dalas. “Ao mesmo tempo, estas remoções garantem que os estrangeiros que cometeram crimes em seus países não usem os EUA como um porto seguro para se esconder da Justiça”, continua.

De acordo com as investigações, Nascimento tem um longo histórico criminal no Brasil como um membro de uma organização criminosa.

O assassinato do qual ele é acusado aconteceu dia 29 de maio de 1991. Segundo dados das autoridades brasileiras, ele é sua namorada estavam caminhando na cidade de Recife (Pernambuco), por volta das 9:30 p.m., na ponte Boa Vista, quando se depararam com o adolescente de apenas 13 anos de idade.

O garoto teria roubado o relógio da namorada de Nascimento. Segundo o relatório policial da época, Nascimento perseguiu o jovem, o alcançou, bateu nele e o jogou de cima da ponte no rio Capibaribe. O adolescete morreu afogado e o acusado fugiu da cena do crime.

O Tribunal de Recife emitiu, no dia 13 de outubro de 2013, um mandato de prisão contra Nascimento por homicídio agravado. De posse do documento, a Interpol enviou um sinal de alerta para a prisão do brasileiro, no dia 15 de novembro do mesmo ano.

Nascimento entrou nos Estados Unidos em 1991 e foi julgado a revelia por violação nas leis de imigração em junho de 1994 por um juiz de imigração em Dallas. Ele também foi condenado duas vezes por crimes de contravenção no Texas, sendo em Dallas (2004) e em Fort Worth (2008).

Desde que foi criado, em outubro de 2009, o ERO removeu mais de 720 imigrantes criminosos que são procurados em seus países de origem. Todos cometeram crimes graves como sequestro, estupro e assassinato.

O ERO trabalha em parceria com o escritório do ICE, repartições consulares de vários países e a Interpol. No ano fiscal de 2014, o programa foi responsável pela deportação de 315.943 estrangeiros.

Fonte: Da Redação

Top News