Publicado em 20/01/2012 as 12:00am

Obama toma medidas para aumentar vistos de turistas

O presidente dos Estados Unidos cita o Brasil como um dos países que mais podem contribuir para melhorias no turismo e aumentar a geração de emprego nos próximos 10 anos

Na manhã desta quinta-feira (19), o presidente Barack Obama assinou uma ordem executiva que tem por objetivo aumentar significativamente as viagens e turismo nos Estados Unidos. Este setor representa 2,7% do PIB do país e gerou em torno de 7,5 milhões de empregos em 2010.

Segundo o presidente, estas mudanças poderão representar a geração de mais 1 milhão de empregos no país, nos próximos 10 anos. "Para isso é preciso que os EUA aumentem sua participação no mercado de viagensinternacionais", justifica.

O anúncio feito pelo presidente oferece medidas importantes para reforçar a criação de empregos através de uma série de passos para promover os Estados Unidos como destino turístico e atrair mais visitantes. As medidas anunciadas também prevêm melhorias no sistema de processamento de vistos turísticos. "Este é mais uma ação que implantaremos para promover a geração de emprego para o povo norte-americano e fortaceler a nossa economia", ressaltou.

Segundo Obama, todos os anos, dezenas de milhões de turistas de todo o mundo visitam os Estados Unidos e ele acredita que mais pessoas desejam visitar a América.  "Precisamos ajudar as empresas crescer e gerar empregos, competir e vencer. Somente assim vamos reconstruir uma economia onde o trabalho duro compensa e onde a responsabilidade é recompensada", disse.

Obama citou o Brasil como um dos principais países fornecedores de turistas, o qual junto com a China e India, podem ajudar a economia dos Estados Unidos dar um pulo de cerca de 135% até 2016. Em 2010, turistas destes países contribuíram com 15 bilhões de dólares e ajudaram na geração de milhares de empregos. "Além disso, os turistas chineses e brsileiros gastam anualmente mais de 6 mil dólares cada um", falou.

O Departamento de Estado fez um grande progresso no processamento de vistos, permitindo a emissão de 7,5 milhões de vistos no último ano fiscal. Isso significa um aumento de 17% em relação ao mesmo período no ano anterior. Em 2011, somente para o Brasil foram emitidos 800 mil vistos.

Fonte: (da redação)

Top News