Publicado em 15/10/2014 as 12:00am

Candidatos ao governo de MA participam de debate

Três dos cinco candidatos a governador de Massachusetts, inclusive a democrata Martha Coakley, participaram hoje à noite do debate organizado pela Coalizão MIRA com apoio de várias organizações

Três dos cinco candidatos a governador de Massachusetts, inclusive a democrata Martha Coakley, participaram hoje à noite do debate organizado pela Coalizão MIRA com apoio de várias organizações, inclusive o Grupo MulherBrasileira. O debate foi no Banker Hill Community College e os candidatos Charles Baker, republicano, e Scott Lively, independente, não compareceram nem deram explicação.

Este debate foi um dos momentos mais importantes desta campanha para nós imigrantes”, disse Heloisa Galvão, do Grupo Mulher Brasileira, explicando que todas nós, sejamos eleitoras ou não, temos a obrigação de estarmos informadas sobre a posição de cada candidata(o)”. Heloisa criticou a ausência não justificada dos dois candidatos cuja plataforma é anti-imigrante, Baker e Lively: “Foi uma falta de respeito para com a MIRA, todas as organizações que promoveram o debate e consequentemente para conosco. Demonstra arrogância e nos relega a um plano inferior como se nós não votássemos. Eu acho importantíssimo que nós brasileiras e brasileiros compareçamos às urnas dia 4 de novembro. O que está em jogo é a nossa sobrevivência e a sobrevivência de nossas famílias”.

Heloisa chamou atenção ainda para o fato de que a atuação dos políticos do estado neste momento é crítica uma vez que “o governo federal em Washington não está fazendo nada com relação à uma reforma imigratória. Isso quer dizer que a nossa luta a nivel de estado é maior. Temos de passar uma carteira de motorista, o Ato Confiança, o acesso à universidade para estudantes sem documnento. Portanto, quem vai ocupar a cadeira de governador em janeiro nos toca muitíssimo de perto e nós queremos que seja alguém que entende nossas necessidades e que vai lutar e falar conosco como o atual governador tem feito”.

A democrata Martha Coakley e os independentes Evan Falchuk e Jeff McCormick debateram durante uma hora sobre assuntos de interesse das comunidades imigrantes, como acesso à educação superior, carteira de motorista para indocumentados, criação de programas profissionalizantes e que gerem emprego para os jovens, programa comunidades seguras e o Ato Confiança. Todos defenderam a necessidade e a justiça de se implantar no estado leis e políticas que incluam os imigrantes, independente de terem ou não documentos e criticaram o Comunidades Seguras como, na verdade, um programa que cria comunidades inseguras porque alimenta o medo das pessoas contra autoridades policiais.

Os três candidatos defenderam a emissão de carteira de motorista para indocumentados e Martha Coakley admitiu “que era contra mas revi minha posição porque tenho conversado com policiais e xerifes que me explicam que preferem as pessoas dirigindo com carteira do que sem carteira, sem seguro e sem identificação. É uma questão de segurança pública”, disse. Os três debatedores também defenderam a implantação do Ato Confiança em todo o estado, a exemplo do que fizeram Somerville e Boston que já aprovaram a lei em suas jurisdições.

Este foi o útimo debate dos candidatos ao governo antes do pleito de 4 de novembro próximo, sendo que amanhã termina o prazo para registrar-se para votar para as eleições de 4 de novembro. A MIRA inscreveu durante o debate de hoje mais de 20 novos eleitores e o GMB vai estar in screvendo amanhã em sua sede em Brighton.

A candidata Marta Coakley, atual Procuradora Geral do Estado, que tem uma pequena vantagem sobre seu opositor republicano nas pesquisas de opinião pública, vai estar domingo em Framingham, no Restaurante Extravaganza (47 Beacon Street), para um encontro especial com a comunidade brasileira. O encontro será às 13 horas e aberto a toda a comunidade. Martha quer conversar e conhecer brasileiros e brasileiras e falar do seu apoio à causa imigrante.

Fonte: Da Redação