Publicado em 28/01/2015 as 12:00am

Obama encanta brasileiras com discurso motivador

O tradicional discurso de início do ano aqui nos EUA, o "State of the Union", proferido pelo presidente, aconteceu na noite do dia 20 de janeiro e inspirou muitos brasileiros.

Este discurso tem como objetivo mostrar quais são as prioridades do governo e qual será a agenda legislativa a ser seguida. Com foco na política externa do País, reflexão sobre a sociedade e política americana e no crescimento da economia, Barack Obama conquistou ainda mais os brasileiros e agradou grande parcela de americanos e estrangeiros.

Embora o presidente tenha dedicado parte do seu discurso falando sobre liderança mundial e temas como terrorismo e Oriente Médio, foi a relação com Cuba e o fim do embargo que ganhou a atenção de brasileiras entrevistadas por nossa redação, bem como a questão social, imigração e educação de nível superior.

Seu discurso otimista e conciliador fez efeito. Confira a opinião de brasileiras que vivem em New York e New Jersey:

“Dentre os muitos tópicos abordados pelo Presidente, me chamou a atenção seu posicionamento quanto aos direitos trabalhistas, como licença maternidade e salários iguais para homens e mulheres. Também fiquei positivamente surpresa com o breve destaque dado a população LGBT. Considero de extrema importância que o Presidente de uma das maiores nações do mundo fale sobre esses tópicos, pois sua voz empodera minorias que nem sempre têm representatividade política.”

Mariana Jordão Guterman – Long Island City

“O que mais me chamou a atenção foi a parte dos estudantes que ele quer subsidiar 100% para quem estiver no ensino universitário. Fazendo uma comparação com o Brasil, veja bem, lá tem essa oportunidade. Inclusive com o estímulo de estudantes sem fronteiras na intenção de trazer para o País mais conhecimentos! Este plano se chama ‘Ciência sem Fronteira’ e é uma das poucas coisas na qual a presidente Dilma é elogiada! Aqui este estímulo dos 100% levaria com certeza mais alunos às universidades e ele joga bem com o apoio destas duas classes seu prestígio se eleva com maior peso dentro do Congresso!”

Maisa Pederneiras – New Jersey

“Eu Achei o depoimento muito inspirador. Obviamente a parte que mais me interessou foi às questões de imigração. Quando Obama se reelegeu uma de suas promessas foi a reforma nas leis de imigração já que mais de três terços do seu eleitorado são imigrantes. Já estava achando que ele tinha esquecido de nós mas pelo visto não esqueceu como tem mais planos pela frente. Achei de fundamental importância as sanções que ele pretende fazer em questão da educação de ensino superior, para que ela possa ser acessível a todos. Já estava mais do que na hora dos EUA começaram a olhar essa questão, pois educação nesse país é uma fortuna e sim ainda é pra poucos. A política de governo que Obama tenta trazer em todos esses anos à frente da Casa Branca sempre mostrou-se uma política de igualdades, de tentar cada vez mais diminuir esse ‘gap’ entre pobres e ricos. E de ser aberto a diversidade cultural do País, o que é um fato. Outra questão que me chamou atenção e tem me chamado atenção é Cuba. Demorou mas essa abertura entre Cuba e Estados Unidos foi uma grande tacada de Obama, na minha opinião. Demorou mas aconteceu.”

Mai Dornelles – New York City



Fonte: Da Redação do Brazilian Times | Reportagem de Marisa Abel