Publicado em 16/12/2015 as 12:00am

"Advogada dos brasileiros" anuncia corrida para Senadora de Massachusetts

Lídya Edwards trabalhou como voluntária no Centro do Trabalhador Brasileiro e construiu um elo forte com a comunidade

A advogada Lydia Edwards, que trabalhou no Centro do Imigrante Brasileiro (CIB) vai concorrer para Senadora Estadual de Massachusetts. Ela, que também é membro do Greater Boston Legal Services e mora em East Boston, tem uma grande influência na comunidade brasileira do estado. Isso devido ao serviço que ela realiza na entidade. No início do mês o senador Anthony Petrucelli (D-East Boston) anunciou que deixará o cargo para assumir outro emprego. Com isso a vaga ficará vaga e será preciso eleger uma nova pessoa para o cargo.

Lydia já se pronunciou que concorrerá para estas eleições. “Eu aplaudo o senador Petrucelli por sua incrível liderança em servir as comunidades de Boston, Revere, Winthrop e Cambridge desde 2007. Congratulo-me com ele pelas duas décadas de serviço público prestado à cidade e ao governo estadual”, disse a pré-candidata. “Estou ansiosa para continuar o seu trabalho e advogar pelas famílias trabalhadoras", continuou.

Atualmente Edwards trabalha para Greater Boston Legal Services, onde representa e defende os direitos dos trabalhadores. Sua função inclui a abordagem do tráfico de trabalho, o acesso ao seguro desemprego, luta por salários atrasados. Anteriormente, ela trabalhou, voluntariamente, para o Centro do Imigrante Brasileiro (CIB), prestando serviços jurídicos para os trabalhadores imigrantes e abriu a primeira clínica legal dedicada aos trabalhadores domésticos.

Durante o tempo em que esteve no CIB, ela foi Diretora de Serviços Jurídicos e Trabalhadores Doméstica. Mesmo não estando mais na entidade, ela ainda continua ajudando muitos trabalhadores brasileiros vítimas de roubo de salário, tráfico de seres humanos, e outras coisas.

Lidya recebeu seu diploma de Direito da American University, em Washington, DC, e, posteriormente, ganhou um Master of Laws em Fiscalidade pela Universidade de Boston. Então, em 2009, ela foi ser voluntária no Centro do Imigrante Brasileiro (agora chamado de Centro Trabalhador Brasileiro), em Brighton. A pré-candidata dedicou grande parte dos últimos anos para ganhar proteções legais para trabalhadoras domésticas.

Ela não só fala apenas Português e Espanhol, as línguas de alguns dos maiores grupos de imigrantes em Massachusetts, mas também alemão e inglês. Lidya diz que ainda se vê comprometida com a comunidade de imigrantes e o movimento para proteger os direitos dos trabalhadores.

Fonte: Redação