Publicado em 27/08/2014 as 12:00am

Brasileiro desenvolve aplicativo de sucesso nos EUA

Atualmente os aplicativos disponíveis tanto para iOS quanto para Android prometem alcançar todos os perfis de pessoas possíveis a fim de atender a qualquer desejo ou necessidade.

Hoje em dia, existe um aplicativo para [quase] tudo na vida! Os aplicativos são desenvolvidos basicamente para atender as necessidades diárias dos usuários e podem estar relacionados a informação, entretenimento, jogos e tantas outras categorias. Atualmente os aplicativos disponíveis tanto para iOS quanto para Android prometem alcançar todos os perfis de pessoas possíveis a fim de atender a qualquer desejo ou necessidade.

No entanto, a grande quantidade de aplicativos já existentes torna a vida dos futuros desenvolvedores muito difícil e fica quase impossível criar algo que seja realmente inovador. Parece que todas as boas ideias já têm dono e, consequentemente, já foram postas em prática.

Foi então, nesse seguimento de aplicativos que o brasileiro Giuliano Pezzolo Giacaglia, formado em Engenharia e ciência da computação pelo MIT (Massachussets Institute of Technology), decidiu dar início a carreira. No inicio ele teve dificuldades com o inglês, como todo imigrante brasileiro. Depois passou por dificuldades financeiras como estudante até conseguir um estágio. Ele trabalhou para grandes empresas, onde muitos almejam chegar. Trabalhou para Microsoft, em Seattle e para o Facebook na Califórnia, mas isso não seria suficiente, ele quis ir além.

O que ele queria mesmo, era criar aplicativos que pudessem simplificar a vida das pessoas. Trabalhou em vários projetos e acabou conhecendo o investidor Paul English – Criador do site Kayak. E esse foi o empurrãozinho que ele precisava para deslanchar na carreira. Paul decidiu investir em Giuliano e depois de algumas conversas, surgiu o convite para trabalhar com o Ben Keplan, criador de um aplicativo chamado WIGO _ Whoisgoingout?

E foi assim que Giuliano e Ben, com o apoio financeiro de Paul English, abriram a empresa Blade, que já conta com um equipe de 15 pessoas. O aplicativo WIGO foi lançado na ultima quinta-feira, 21 de agosto e e já teve uma aceitação de 5 mil usuários em menos de uma semana. “O desenvolvimento de um app envolve muitas passos, desde o desenvolvimento ao funcionamento, o desenho, e até as decisões de marketing do aplicativo. Nós desenvolvemos uma plataforma por trás de tudo isso. É um processo longo e trabalhoso, mas muito prazeroso” afirmou Giuliano.

A ideia do aplicativo veio do outro co-fundador Ben Kaplan. Ele estava na faculdade e no fim de semana surgia a mesma pergunta: Quem está saindo hoje à noite. Todas as soluções existentes não eram suficientes. Para Giuliano, essa foi uma das maneira eficiente para que os universitários ficassem por dentro da vida social dos estudantes , ao invés de usar de métodos ultrapassados como o Facebook, que não permite que os usuários tenham acesso a uma variedade de eventos,

“Estou 100% focado em desenvolver o melhor produto e companha possível.” Afirmou, Giuliano entusiasmado. Com a esperança de expandir a ideia para outros países, inclusive o Brasil.

Fonte: Da Redação do Brazilian Times | Texto de Jaqueline G. Almeida